Saúde mental: 7 podcasts para seu autocuidado

Saude mental

Ei você, anda cuidando da sua saúde mental? Hoje, dia 27 de agosto, é o dia do psicólogo. Esses profissionais nos auxiliam na nossa jornada de modo que tudo seja mais leve.

Sabemos que um dos passos mais importantes para uma vida plena é o autoconhecimento, essa é uma das chaves mais importantes para a nossa saúde mental.

Muitas vezes nos damos desculpas – a famosa auto sabotagem – de que não temos condições ou tempo para consultar um psicólogo ou outro profissional da área mas, a tecnologia está aí também para nos auxiliar nesse quesito.

Hoje eu separei para vocês 8 podcasts que prometem virar a chave, dar o “alerta ao gatilho” e nos fazer refletir mais sobre diversas questões pessoais que nos rodeiam ao decorrer da vida e no dia a dia. Vem comigo que é sucesso!

1. Acenda sua luz

Esse podcast tem episódios bem curtinhos e mais longos, mas que não chegam a uma hora.

É perfeito para quem não tem muita paciência ou ainda não se adaptou a esse formato de mídia, já que para muita gente o hábito de ouvi-los ainda é novidade.

São episódios de muita luz, não é á toa que tem esse nome. Os assuntos são diversos, falam muito sobre o autoconhecimento, inteligência emocional e desconstrução de alguns padrões de pensamentos.

Feito pela Carol Rache, que tem também um livro publicado com o mesmo nome do podcast que é Life Coach, instrutora de Yoga e fundadora do Espaço Namah.

2. Mamilos

É um podcast bem famoso, ele fala não só de assuntos pessoais, mas de um todo que acontece ao nosso redor e nas redes sociais por meio de diálogos com diferentes pontos de vista.

Apresentado pelas publicitárias Juliana Wallauer e Cris Bartis, traz conversas de forma divertidas desde 2014.

3. Meu inconsciente coletivo

Apresenta novos episódios todas as sextas, gravado pela escritora e colunista da Folha de São Paulo, Tati Bernardi.

Diversos assuntos relacionados a sessões de terapia da própria Tati são tratados a cada episódio com diferentes psicanalistas “fodas”.

São episódios que duram cerca de 30 minutos a 1 hora e que falam sobre diferentes assuntos que muitas vezes são as nossas próprias dores. Isso é muito importante para a gente entender que ninguém é normal de perto.

4. Bom dia, Obvious

Marcela Ceribelli é CEO e diretora criativa da Obvious. No podcast recebe convidadas para conversas abertas sobre diversos assuntos atuais do universo feminino como saúde mental, carreira, autoestima, relacionamentos e outros. 

É um podcast que trata esses assuntos de uma forma fluída, com episódios que duram cerca 40 minutos. As redes sociais também são bem legais, trazem diversas informações e pensamentos sinceros.

5. Estamos bem?

Gravados pelos os jornalistas Bárbara dos Anjos Lima e Thiago Theodoro, novos episódios são lançados todas as segundas.

Neles, o objetivo é tratar diversos assuntos sobre autoconhecimento que fazem a gente levar uma vida mais leve, de uma maneira mais legal.

6. Calcinha Larga

Bate papo com temas sobre família, relacionamento, sexo, maternidade e amizade. São assuntos do dia a dia falados de forma divertida e sincera, com diferentes pontos de vista.

É gravado por Camila Fremder, Helen Ramos e Tati Bernardi, que normalmente trazem opniões e experiências próprias e de diferentes convidados a cada novo episódio.

Eles contém pelo menos 1 hora, mas são leves e divertidos, então passa rapidinho.

7. Autoconsciente

Esse podcast é extremamente acolhedor. É realmente para transformar a relação consigo mesmo mais leve, baixando os tons de autocobrança e autocritica.

Para quem procura a paz interior ele é perfeito e fala muito sobre o tema que estamos buscando encontrar aqui, a saúde mental em episódios que duram cerca de 30 minutos.

Depois dessa listinha maravilhosa, vamos nos autocuidar um pouquinho? Em momentos tão caóticos, precisamos zelar pela nossa saúde mental. Perdemos tanto tempo nas redes sociais, muitas vezes exaltando nosso ego e autocrítica, vamos usar melhor esse tempo cuidando de nós mesmos!


Fontes: Mundo interpessoal, 33giga, Seja leve e Blog Setta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *